O que a família representa para você?

Momento para refletir sobre a família que temos e somos

Assista o vídeo abaixo antes de ler o texto:

Bom, de vez em quando, você deve pensar como a menina do comercial sobre a sua família: que preferia ter uma outra família e blá, blá, blá…. Mas antes de falar ou agir é melhor repensar em tudo que sua família significa para você.

Será que viveria sem eles? Sem as brincadeiras e até mesmo momentos as brigas? Sem seus pais? É, melhor mesmo é avaliar e pensar antes de falar qualquer coisa e dar importância aos momentos bons que vive com eles, afinal…

 

familia e
Mensagens dos alunos para suas famílias

Pense no esforço que seus pais fazem para comprar algo que é necessário para você, sua mãe por exemplo, com certeza muitas vezes além de trabalhar fora tem todo o serviço da casa para fazer.

Muitas crianças ou adolescentes pensam: “aí odeio meus pais eles só pensam em trabalhar, dar atenção ao meu irmão caçula…” Mas esquecem que eles devem estar trabalhando para manter a casa e a família (pagar aluguel, despesas de água, luz, telefone, internet, mercado, vestimentas e etc) e quanto ao porquê de eles darem mais atenção ao irmão menor a questão é lógica, por ser menor ele recebe mais atenção do que crianças maiores ou adolescentes. Mas se mesmo assim você se sentir meio deixado de lado a melhor solução é sempre conversar com eles a respeito. Demonstrar seus sentimentos ainda é o melhor caminho, pois realmente eles podem não estar percebendo essa sua necessidade devido a correria do dia a dia.

Então eles se esforçam muito para que você tenha comida, roupa, calçado entre outras coisas que são necessárias para sua sobrevivência, além de ofertar aquilo que não tem preço que pague: amor, carinho, felicidade e educação.

Troca de afeto <3
Troca de afeto…
entre pais e filhos
…entre pais e filhos em momento especial!

Sabemos que existem vários tipos de família, cada uma a seu jeito: mãe e filho, pai e filho, pais e filhos, padrastos, madrastas, tio, avó, avô, primos (e várias outras) e que às vezes o dia é tão corrido que mal conseguem compartilhar momentos de interação e alegria.

Pensando nisso a escola promoveu na noite do dia 18 de maio a Festa da Família, horário esse em que realmente a maioria das famílias se encontra ao longo de um dia normal de trabalho e estudos.

Eles participaram de um jogo coletivo de mini vôlei, onde pais e ou familiares participaram com seus filhos de uma equipe mista, ou seja, as famílias foram misturadas para que houvesse uma integração entre as mesmas. Cada time teve que trabalhar em conjunto para que atingissem o objetivo do jogo, que era passar a bola até o outro lado da quadra. Momentos de pura diversão, mas também bastante desafiador! Nada fora do normal para as famílias, afinal diariamente existem desafios e alegrias também…

Apresentação dos alunos em homenagem as famílias:
Alunos homenageando suas famílias ao som da música "Família"
Alunos homenageando suas famílias ao som da música “Família”

*Se quiser ver o vídeo clique aqui.

Jogo de integração:
Famílias integradas durante atividade
Famílias integradas durante atividade

*Se quiser ver o vídeo clique aqui.

Apresentação das flautas:
Grupo de flautas homenageando as famílias
Grupo de flautas em homenagem às famílias
Resolvemos fazer uma pesquisa com os alunos (124 participaram) da escola sobre “família”. Eles foram convidados a responder e ao final da pesquisa descobrimos algumas coisas bem interessantes:

Em relação aos alunos que responderam a pesquisa:

  • 58,5 % foram meninos e 41,5% meninas;
  • com idade entre 9 e 15 anos;
  • são estudantes do 5° ao 8° ano;

Em relação a estrutura familiar pode-se dizer que:

  • o número de integrantes varia de 4 (grande parte dos entrevistados) para 5, 6, 8, 2 e até 13 pessoas que moram na mesma casa;

  • 83,7% tem irmãos e apenas 16,3% não possuem irmãos;
  • o número de irmãos é variado: de 1 até 6;
  • 56,9% moram com seus pais e irmãos, 17,9% somente com o pai e a mãe, 13,8% marcaram “outras opções” pelo fato de não considerarem “padrastos” como “pai” mesmo que morem na mesma casa e 6,5% moram com outros familiares além de pais e irmãos.

*Percebeu-se que o número de integrantes das famílias dos alunos da escola é de tamanho médio; que a grande maioria possui irmãos e número de filhos das famílias não é muito grande;

*A maioria dos alunos moram com seus pais e irmãos e chamou a atenção o fato de mesmo morarem juntos na mesma casa, os alunos não considerarem o “padrasto” como “pai”, ou seja, para eles ele não assume o papel de pai.

Em relação a quem consideram como “família”:

  • 45,5% consideram os seus familiares (pais, irmãos, avós, tios, etc) e seus melhores amigos;

  • 30,9% consideram somente os familiares em geral como sua “família”;
  • 21,1% consideram somente pais e irmãos.

*Boa parte dos alunos incluiu os “amigos” como membros de sua família.

 

Quanto a cobrança em relação as atitudes e comportamento:

  • 48,8% disseram que tanto o pai como a mãe cobram da mesma forma;
  • 36,6% disseram ser a mãe a que mais cobra;
  • 11,4% disseram ser o pai o que mais cobra;
  • 3,3% apenas disseram não serem cobrados por nenhum deles.

Em relação a sua educação os alunos consideram os pais:

  • 91,1% muito legais, pois estão sempre orientando sobre o que devo ou não fazer;
  • 5,7% às vezes chatos, pois nem sempre deixam fazer o que quero;
  • 2,4% legais porque deixam fazer tudo que quero.

*Aqui vemos que a cobrança dos pais é encarada como parte fundamental do processo educacional e os alunos/filhos aprovam isto.

E quanto aos estudos:

  • 78% disseram serem bastante cobrados pelos pais (tem hora de estudo, pais acompanham o que fazem em aula, participam das atividades promovidas pela escola, etc);

  • 12,2% apenas cobram hora de estudo, mas não acompanham diretamente o que fazem na escola;

  • 8,9% não cobram nada, os alunos que fazem por sua conta;

  • apenas 0,8% disseram não fazer nada porque também não são cobrados.

    *Aqui percebemos que a grande maioria dos pais tem uma preocupação com os estudos dos filhos e cumprem a parceria firmada com a escola (no Contrato de Convivência), o que traz resultados muitos significativos para a aprendizagem dos alunos.

    E as tecnologias influenciam no convívio familiar?

  • 39,8% disseram que “não muito” pois conseguem interagir mesmo com o uso da tecnologia no ambiente;

  • 31,7% afirmaram que “não”, pois a família reserva um momento especial para se reunir sem interferência de nenhum tipo de tecnologia;

  • 28,5% afirmaram “sim”, pois cada um fica num canto da casa fazendo uso de seu eletrônico preferido e praticamente nem se falam.

    *Aqui percebemos que de certa forma, as tecnologias estão muito presentes na convivência familiar e interferem nas relações de convívio de seus membros, poucas famílias criam um momento para conversarem e interagirem sem nenhuma interferência de aparelhos eletrônicos. Que tal criar este momento na sua família?

    E como fechamento foi perguntado como enxergavam sua família (essa era de múltipla escolha):

    • 69,9% como unida;
    • 53,7% alegre e divertida;
    • 45,5% todos se respeitam;
    • 42,3% afetuosa e amorosa;
    • 39% apegados e preocupados uns com os outros;
    • 34,1% tranquila;
    • 6,5% agitada e tumultuada;
    • 3,3% briguenta e qualquer coisa vira discussão;
    • 1,6% desunida e cada um vive na sua;
    • 0,8% disseram ter poucos momentos de convivência juntos e que existe pouca afetividade e amorosidade.

    *Aqui a pesquisa mostrou que os alunos consideram suas famílias positivas e que existe uma relação harmoniosa, alegre e amorosa, apesar de todas as diferenças e dificuldades que possam existir entre seus membros, afinal sempre será o “um porto seguro” e a referência para sua vida.

    Lembrança oferecida pela escola as famílias

    Então respeite e valorize seus pais, antes de julgá-los sempre pense no que você pode fazer para ajudar e melhorar as coisas, e sempre procure conversar e tirar suas dúvidas com eles, pois eles com certeza saberão lhe ajudar e orientar melhor do que ninguém. E assim uma família se fortalece e se mantém unida.

Anúncios

HEXAHEXAFLEXÁGONO PARA SEU PAI

Você sabe o que é um Hexahexaflexágono?

Bem se separarmos esse “palavrão” em partes, talvez fique mais fácil entender o seu significado:

HEXA: porque que tem seis faces

HEXA: porque é um hexágono de seis lados

FLEXÁGONO: é uma figura geométrica que conforme vão sendo feitas as dobras, podem mostrar (e esconder!) muuuuuitas faces diferentes

DSCN3720

Está é uma dobradura fácil de fazer e bem divertida! Afinal, por ser flexível você pode inventar muitas brincadeiras com seus amigos, como enigmas, charadinhas, etc. É só usar a imaginação…

paibigode-600x600

Aproveitando a comemoração do Dia dos Pais resolvemos fazer um cartão enigmático com mensagens para ele ler. Claro que ele vai precisar de um tempinho e um pouco de paciência para encontrar as frases escritas em cada um dos seis lados do cartão. Fique atento, pois ele pode precisar da sua ajuda para isso! Aí está lançado o desafio: tentar organizar as frases; é só tirar um tempinho e a diversão estará garantida com seu papai.

Agora você vai aprender a fazer esta dobradura que é muito fácil.

Dica:

Baixe e imprima o molde com números para treinar

Baixe e imprima o molde em branco

Algumas curiosidades sobre esta figura tão especial e importante na nossa vida:

  • Assim como as mulheres passam por uma série de alterações hormonais durante a gravidez, um estudo conduzido pela Universidade de Michigan apontou que os futuros papais também podem sofrer variações em seus níveis de hormônios (queda significativa nos níveis de testosterona e de estradiol — que é uma forma de estrogênio). FONTE
  • Você até pode ser a cara da sua mãe — e inclusive ter herdado uma porção de gestos e o comportamento dela. No entanto, de acordo com um estudo, os mamíferos são geneticamente mais parecidos com os pais. FONTE
  • Na natureza muitos machos se destacam pelo cuidado e proteção que tem com seus filhotes, antes mesmo de nascerem. Por exemplo:
CURIOS2
Papai ema (Rhea americana) cuidando dos pequenos – Foto: Fábio Paschoal

É ele quem choca os ovos enquanto as mães saem para procurar comida. Podem nascer até 40 filhotes de uma só vez.

CURIOS3
No caso do cavalo-marinho, pai e mãe trocam de papel. A fêmea passa os óvulos para o macho que, após fecundá-los, os carregará na barriga. É ele quem fica grávido – Foto: Joanne Merriam/ Creative Commons
CURIOS4
Após enfrentar condições extremas, o pinguim-imperador (Aptenodytes forsteri) espera ansioso, com seu filhote protegido em uma bolsa especial, pela chegada de sua parceira – Foto: iStockphoto

Nenhum pai passa por condições tão extremas para assegurar a vida de seu filhote quanto o pinguim-imperador. Os machos permanecem na Antártica mesmo após todos partirem, pois cada ave guarda um tesouro. Em uma bolsa especial, localizada acima dos pés, está o ovo concebido por sua parceira.

Não há comida, nem água e o sol só voltará a brilhar dali a quatro meses. Ventos fortes fazem a temperatura cair abaixo dos 70ºC negativos e forçam os pais a se agruparem para suportar a atmosfera congelante.

Quando os primeiros raios de luz surgem no horizonte os piados quebram o silêncio. Os filhotes, que acabaram de nascer, estão famintos. Como um último esforço, os incansáveis pais – que já perderam metade do seu peso – produzem uma secreção proteica, semelhante ao leite, capaz de sustentar o pequeno pinguim pelo menos durante uma semana. Tempo suficiente para as mães voltarem de sua pescaria de dois meses trazendo peixes para seu marido e seu novo filho. A partir daí pai e mãe começam um revezamento.

FONTE

Mas como surgiu o Dia dos Pais?

A ideia nasceu na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmesu moldou e esculpiu o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

Nos Estados Unidos, Sonora Smart resolveu criar o Dia dos Pais em 1909, motivada pela admiração que sentia por seu pai, o veterano da Guerra Civil William Jackson Smart.

Aqui no Brasil, a festa chegou em 1953. O jornal O Globo difundiu a data visando atrair anunciantes do comércio. Dois anos depois, os jornais da empresa Folha da Manhã se uniram com a TV Record, a Rádio Panamericana (hoje Jovem Pan) e a Rádio São Paulo para comemorar o Dia dos Pais pela primeira vez em São Paulo. Para isso, organizaram um concurso para eleger o pai mais jovem, o mais idoso e o que tinha maior número de filhos. Dos mil inscritos, ganharam o prêmio um rapaz de 16 anos, um senhor de 98 e um homem com 31 crianças.

Comemorado sempre no segundo domingo de agosto.

 Existiram alguns personagens que ficaram conhecidos e entraram para a História por seus feitos em benefício da sociedade:

  • Pai da aviação – Santos Dumont: inventou o 14-Bis (1º máquina que conseguiu voar), o relógio de pulso, o hangar e o protótipo do hidroavião.
  • Pai da Matemática – Pitágoras: A matemática surgiu por iniciativa do grego Pitágoras (582 a.C. – 497 a.C.).
  • Pai do futebol brasileiro – Charles Miller: Aprendeu a jogar futebol durante um período de estudos em Southampton, na Inglaterra.
  • Pai da internet – Tim Berners-Lee:criador do world wide web (conhecida pela sigla “www”), da linguagem HTML (usada para criar websites), do protocolo HTTP e do sistema de URLs.
  • Pai do rock – Chuck Berry: O grande sucesso de Chuck,Johnny B. Goode é considerado o primeiro rock da história.
  • Pais do cinema – irmãos Lumière: gravaram a primeira cena em movimento apresentada ao público foi “A saída da fábrica”
  • Pai dos burros – Dicionário: A expressão surgiu em homenagem ao pai de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira. Era um senhor fabricante de carroças conhecidas pelo conforto. Os passageiros diziam não ter palavras para expressar a qualidade do trabalho. O filho do carpinteiro então montou um sumário de elogios, que entregava aos que diziam não ter palavras. Foi o primeiro dicionário dele, e em 1975 lançaria o Dicionário Aurélio.

FONTE

Minecraft na escola, veja essa novidade

tumblr_inline_mlr9s1M2uq1qz4rgp

        Organizado pelo festival CultureTECH, Minecraft já está no currículo escolar, isso mesmo! Na Irlanda do Norte, foi implantado o MinecraftEdu que é específico para estudantes. A versão MinecraftEdu, foi distribuída para 200 escolas e 30 bibliotecas do país. Pra quem ainda não conhece o famoso jogo quadrado pode conferir neste link a matéria feita pela própria Mistureba, onde consta uma explicação sobre o jogo. Pra quem espera que isso aconteça no Brasil, é melhor aguardar sentado, pois o MinecraftEdu está ainda em fase de testes nas escolas da Irlanda do Norte! Mas quem sabe, bem mais adiante, pode virar matéria escolar aqui também! Vamos ficar na torcida para que o projeto seja um sucesso galera!

 Fonte

Origami – desafie-se!

Cultura milenar japonesa ganha destaque nas mãos de aluno e vira hobby

Origem:

Do japonês  折り紙, de oru,”dobrar”, e kami,’papel”. Uma arte  e brincadeira tradicional e secular japonesa de dobrar papel transformando-o em determinados seres ou objetos através de dobras.

Minha curiosidade nessas dobras (origami) veio do Youtube, quando eu vi um vídeo que dizia: “Origami Tsuru”. Assim quando avistei aquela palavra “origami” me perguntei: o que é isso? Então comecei a me interessar pelo assunto e logo a desvendar as dobras e fazer diferentes origamis.

O origami usa apenas um pequeno número de dobras que podem se combinar de diversas maneiras para formar figuras desde as mais simples até as mais complexas.

Por exemplo:

Origamielephant

 Elefante a partir de nota de dólar

Normalmente, começa-se a partir de um pedaço de papel quadrado, que pode ter cores ou estampas diferentes. Outra característica é que não há cortes  e nem colagem no papel durante a confecção do origami.

Ao contrário do que popularmente se conhece, o origami tradicional japonês, praticado desde o período Edo (1603-1868, considerado o período Moderno do Japão) já permitia até mesmo o corte do papel durante a criação do desenho, ou o uso de outras formas de papel que não a quadrada (retangularcircular etc.).

Segundo a cultura japonesa, aquele que fizer mil grous de origami (Tsurugrou” – espécie de ave de grande porte) teria um pedido realizado – crença esta popularizada pela história de Sadako Sasaki  (menina japonesa vítima da bomba atômica em ataque a Hiroshima).

grous

 “GROUS”

Sadako_Statue

Sadoko Sasaki

Benefícios:

Você sabia que a prática do origami traz muitos benefícios à saúde? Favorece a concentração, a destreza manual, o desenvolvimento intelectual, a psicomotricidade, além da satisfação pessoal de poder criar formas utilizando apenas um pedaço de papel.

Aprenda a fazer:

E já que estamos em época de Páscoa, vou ensinar como fazer um origami de coelho, aí você pode aproveitar a ideia. É só escolher as cores de papel e fazer seus coelhos… com certeza  vai incrementar sua decoração de Páscoa em casa, no trabalho, na escola, onde você quiser!

Vídeo:

DSCN1744

Solidariedade sobre Rodas

“Abra uma lata e ajude a quem precisa”

Com essa frase o grupo ROTARY criou uma campanha bem bacana. Sabe aquele lacre da latinha que normalmente a gente nem se liga e descarta junto com a latinha?

Pois é, a cada 97 garrafas pet (2l) cheias de lacre, uma cadeira de rodas é adquirida e pode ajudar muito uma pessoa que necessita.

A professora Liege de Ensino Religioso, propôs aos alunos da 83 que se engajassem e ajudassem na campanha. A turma abraçou a causa e inclusive compartilhou com a escola toda a campanha distribuindo garrafas pelas salas de aula e demais espaços.

2014-09-22 14.29.27

Garrafas contendo os lacres

Veja quantas garrafas contendo lacres já foram arrecadadas no total:

2014-09-22 14.26.59

Os lacres das suas latinhas podem ajudar a muitas pessoas que precisam de cadeiras de rodas. Junte seus lacres e transforme em um ato social.

Pontos de coleta:

-Imobilidade Dreger

-Escritório Contabil Fernando Trott

– Cantinas Buffet

-Cantinas Grill

Contatos:

Cleoni 9254 7690/Fernando 9804 1525

A turma 83 esta fazendo um “mascote” para a campanha que está quase concluído.E quem quiser colaborar pode trazer os lacres das latinhas para a escola Rui Barbosa.

Lacres-2

Avanços das Tecnologias

Hoje em dia quase tudo é feito por programação e pelas facilidades encontradas no mercado; tipo multiuso.

Com as novas tecnologias todos os dias são criados novos inventos; quase absurdos como: máquina de lavar que não utiliza água, geladeira que acessa a internet, relógio que é celular e câmera digital, camiseta USB com ar-condicionado, calça com teclado, gravata carteira, impressora que faz torrada, poltrona com chuveiro embutido e muitos outros. Nos perguntamos: o que virá depois disso? Barco que voa?

As pessoas mais antigas jamais sonhavam com o que existe hoje: computadores, celulares, tablets, ipads (cada vez mais portáteis), que estão presentes com quase todos os dispositivos, e com as “bizarrices” que já existem e que ainda serão inventadas. Exemplos:

Televisão

Imagem

Fonte:wikipedia

1958

Imagem

Fonte:juntoutudojunto

2013

Computador

Imagem

Fonte:inovacao tecnologica

1936

Imagem

Fonte:guia oceanica

2013

Imagine uma escola onde o aprendizado conta com grandes tecnologias: lousas interativas, notebooks para os professores, computadores para realização de trabalhos, uma mesa para auxilio na alfabetização, uma Maxcam, e muitas outras coisas.Tudo isso é realidade na EMEF Rui Barbosa, uma escola que proporciona estas oportunidades é escassa, por isso, seus alunos tem orgulho da escola que estudam.

Lousa Interativa

Imagem

“A lousa interativa é um recurso bastante importante e, ao mesmo tempo, prático, pois possibilita ao professor transmitir conhecimentos aos alunos nas mais diferentes formas, ou seja, através de imagens, textos, filmes, documentários, vídeos.”

                                                         Melissa Ellwanger e Ailin E.Petry

                                                                   Profªs dos 5º anos

Mesa de auxilio a alfabetização

Imagem

“É um ótimo recurso que os alunos utilizam para complementar suas aprendizagens, são vários jogos, nas diferentes áreas. Podendo ser usado, tornando o aprendizado mais atrativo e interessante. Os alunos adoram realizar os jogos que a mesa têm e depois fazer os registros do que aprenderam. Principalmente “da” para competir com o colega, para ver quem consegue mais pontos em menos tempo(exemplo).É importante usar o jogo como forma de estimular a aprendizagem , mas é preciso variar e questionar o aluno no momento do jogo, para que possa avançar. Dar oportunidade para que todos os alunos possam jogar, independente de sua dificuldade, em grupos, uns ajudam os outros e todos aprendem.”

Profª Maria Inês Frolich do SAP (Sala de Apoio Pedagógico) que atende os alunos no reforço

Maxcam

Imagem

“Utilizando-se do recurso Maxcam, ainda mais, é possível enriquecer o trabalho, uma vez que, ela reproduz fielmente as imagens por ela projetadas. No nosso caso, reproduzimos livros de literatura infanto-juvenil e o resultado foi muito satisfatório, pois os alunos gostaram bastante da atividade, prestando atenção à história e interagindo durante a projeção.”

                                                         Melissa Ellwanger e Ailin E.Petry

                                                                   Profªs dos 5º anos

Laboratório de Informática

Imagem

“Recursos tecnológicos como lousa, notebook, com sites educativos, são uma estratégia pedagógica adicional, que não necessariamente seja importante em todas as aulas. No entanto, os professores devem fazer o uso destas ferramentas, pois as crianças e adolescentes (público atendido em nossa escola), estão habituados a este contexto tecnológico. A tecnologia facilita a transformar a aula em algo mais dinâmico. Na aula de Inglês, por exemplo, fazemos uso da lousa interativa com um software do próprio curso de Cambridge. Além disso, os alunos fazem no laboratório de informática, atividades online sobre o conteúdo trabalhado na sala de aula. O laboratório de Informática É sempre um ambiente mais motivante para o aluno. A informática na educação é uma realidade e a incorporação das novas tecnologias nas escolas é fundamental; assim, professores precisam se aperfeiçoar para poderem utilizar os recursos tecnológicos de maneira eficaz e responsável.”

Profª Sandra Land de Inglês. Projeto de Inglês no contra turno

E vocês alunos, o que acham desses recursos?

Digam aí, o que vocês gostariam que fossem inventado?

Começando com o pé direito

estudoImagem

Hey Mistonautas! Bem vindos de volta. Como foram as férias? Espero que tenham aproveitado porque agora já é um novo ano e a rotina voltou. Os adultos já estão trabalhando e os jovens já estão na escola, e é exatamente disso que o primeiro post de 2013 da Mistureba vai tratar: o ano letivo. Sabemos que às vezes pode ser cansativo e apesar de ser um prazer ver os amigos todos os dias, nós estamos na escola para aprender, mesmo parecendo ser “chato”. Tem aqueles que estão recém começando os estudos, uns estão pelo caminho e outros na reta final – do Ensino Fundamental, Médio ou até mesmo da Faculdade – mas independentemente de qual etapa, a dedicação deve ser a mesma. Por isso trouxe algumas dicas bem simples de como se dar bem nos estudos e garantir aquele boletim invejável. Se liguem só:

1. Crie um horário de estudo em casa, separe 1h por dia para revisar o conteúdo, fazer os temas/trabalhos e organizar o material para aula seguinte. Pode achar que é um “saco”, mas vale muito a pena.

2. Concentração total. O local de estudo deve ser calmo e sem barulho, nada de deixar as redes sociais abertas do lado para dar aquela espiadinha, aproveite a internet só para pesquisa (não cópia) e se quiser pode ouvir música – até porque especialistas afirmam que isso ajuda para memorizar o conteúdo – mas tem que ser num volume baixo, ok?

3. Não guarde dúvidas. Não entendeu o conteúdo? Peça para o professor explicar novamente, não é vergonha nenhuma e tudo o que eles estão ensinando agora poderá ser necessário no futuro.  Agora, se você ficou conversando enquanto ele falava e não prestou atenção, vai levar uma bronca com certeza.

4. Participe. Faça as atividades e trabalhos propostos pelo professor,  não só pela nota mas pelo aprendizado, já que eles são uma forma de exercitar o que foi aprendido. Não entendeu? Peça ajuda ou continue tentando sozinho, jamais desista.

5. Mantenha-se atualizado. Não, não é sobre aquela piadinha do facebook, mas sim do mundo a sua volta, acompanhe os jornais, revistas, noticiários e etc. Isso também ajuda a ter um bom desempenho na escola.

6. Tenha uma vida saudável. Alimentação equilibrada, atividade física, descanso (no mínimo 8 horas de sono por dia), lazer, atividades de contra turno, boas amizades e uma convivência agradável na escola, tudo isso contribui não só para os estudos, mas para uma boa vida.

E então, curtiram? Agora não tem mais motivo para não tirar notas boas, é só se dedicar que o resultado vem. Se quiserem podem conferir abaixo mais algumas dicas para se darem bem nos estudos:

Como educar a memória;

Como estudar;

Como ler bem;

Desenvolvendo um trabalho;

Resumos;

Beijos e até a próxima.