Foto0417

Hey Mistonautas. Hoje falarei de um assunto meio… incomum. Respeito aos idosos. Ele deve ser praticado todos os dias, mas infelizmente muitas pessoas esquecem isso, mesmo existindo o Estatuto do Idoso que está aí para ser cumprido. É cada vez mais difícil ver alguém tratando um idoso com o devido respeito. Pensando nisso, a Profª Aline Lottermann de Ética e Cidadania trouxe esse tema às aulas do 9º ano de nossa escola, apresentando os direitos dos idosos e dando algumas tarefas aos alunos, como uma redação e um cartaz sobre o assunto. Querem saber mais sobre isso também? Então se liguem aí.

O idoso merece respeito

                Toda pessoa adulta com mais de 60 anos é considerada idosa.

                A família, a sociedade e o Estado tem a obrigação de amparar o idoso, garantindo-lhe o direito à vida.

                Os motoristas de ônibus devem parar o veículo próximo à calçada para que o idoso suba e desça com mais facilidade.

                Os idosos têm direito à aposentadoria, os homens  após 35 anos de trabalho e as mulheres após 30 anos .

                Nos postos de saúde e hospitais o idoso tem direito ao atendimento preferencial.

                O idoso tem direito a condução gratuita no sistema de transporte coletivo.

                O idoso tem direito a meia-entrada em cinemas, teatros, espetáculo, etc.

Agora confiram a redação de uma aluna:

“Hoje em dia é muito difícil encontrar respeito, as pessoas sabem falar sobre ele muito bem, mas praticá-lo já é outra história. Nem mesmo os idosos são respeitados, ninguém pensa nos seus sentimentos, muito menos na sua experiência e sabedoria. Eles já tiveram a sua idade, assim como você ainda terá a deles. Às vezes podem ser difíceis de lidar, então precisamos ter paciência, mas nada é mais importante: o respeito. Lembrem-se que aquela coluna torta, aquelas rugas e os movimentos lentos são consequências de uma vida longa e bem aproveitada.”

Desenhos feitos pelos alunos: 

Só não pensem que eles devem ficar em casa o dia todo, assistindo TV e tricotando. Ah não, os idosos  também gostam de se divertir, prova disso é o grupo de senhoras “Recordar é Viver” da Comunidade Evangélica de Campo Bom, que arrasaram dançando músicas alemãs, na 5ª edição da Festa do Sapato da cidade. A Mistureba ficou admirada com tanto pique e disposição delas que entrevistou  a coordenadora do grupo de dança  Any Ellwanger.

Mistureba: Como vocês arrumam tanta energia e disposição para fazer uma apresentação tão linda?

Com muito ensaio. O grupo é muito unido e alegre e ensaiamos todas as 5ª feiras no salão de festas da Comunidade Evangélica.

Mistureba: Há quanto tempo o grupo existe?

Já existe há 25 anos e eu estou há 11 anos participando e agora sou a coordenadora do grupo. As participantes têm entre 70 e 88 anos.

Como é para você participar do grupo?

É muito bom, na nossa idade não tem coisa melhor.  A gente ganha mais saúde e disposição. Sem a dança acho que não sobreviveria.

Viram? O idoso não é tão diferente de você, ele também adora se divertir e merece respeito como todas as pessoas. Não se esqueça de que você ainda será um.

Obrigada por ler a matéria e confira a seguir algumas imagens do baile da “Melhor idade” na Festa do Sapato.

2 thoughts on “Recordar é viver… e viver bem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s